Buscando por?

Notícias

Após escândalos, Igreja Bola de Neve fecha sede em Balneário Camboriú

Cultos são transferidos para novo endereço após denúncias de fraude e desvio de dinheiro envolvendo antigos líderes
Por: Jonas Hames - 10/07/2024 08:00min- Balneário Camboriú

 

A igreja Bola de Neve fechou sua sede localizada na Avenida do Estado Dalmo Vieira, no bairro Ariribá, em Balneário Camboriú. O prédio, que antes exibia a fachada e placa com o nome da igreja, está agora sem identificação. Os cultos estão sendo realizados em um novo endereço, no Hotel Vieiras, na Rua México, bairro das Nações.

Mudança e denúncias

A mudança ocorreu após denúncias de fraudes e desvio de dinheiro relacionadas às atividades da igreja e projetos sociais, que repercutiram nacionalmente no final de maio. O casal de pastores Natanael Nunes e Ana Lúcia Paixão, responsáveis pela igreja, desligaram-se do comando da congregação após o escândalo.

 

Fotos: Arquivo/Divulgação

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Novo comando e endereço

Com a saída dos antigos líderes, a igreja Bola de Neve está sendo conduzida pelos pastores Ibirá Fernandes e Juliana Lebkuchen, de Blumenau, que assumiram as atividades no novo endereço. Eles já pregaram em Balneário Camboriú no último sábado, marcando o início de uma nova fase para a igreja.

Mensagem de Esperança

Em uma postagem no perfil oficial do Instagram, a igreja Bola de Neve BC compartilhou uma mensagem sobre a reconstrução da congregação. “Depois de enfrentar desafios que abalaram nossas almas, é com grande esperança e determinação que iniciamos um novo capítulo em nossa jornada”, diz a publicação. Todas as postagens e fotos antigas foram apagadas, e a igreja recebeu comentários de apoio e alguns questionamentos sobre a nova liderança.

Novo ministério dos ex-pastores

Natanael Nunes e Ana Lúcia Paixão, os pastores que saíram da Bola de Neve, abriram um novo ministério, a Igreja Forte. Os cultos, inicialmente realizados no Clube União Ariribá, foram transferidos para o endereço da antiga sede da Bola de Neve, na Avenida do Estado Dalmo Vieira. Até o momento, não há placas na fachada identificando a nova igreja.

 

 

Investigações e arquivamento

Os pastores foram acusados por ex-membros de fraudes e de se beneficiarem de recursos e projetos da Bola de Neve, por meio de um instituto ligado à ONG Casa das Anas, que atende mulheres vítimas de violência doméstica e é mantido por verbas públicas. A entidade afirmou não ter ligação com a igreja ou outras instituições. Os pastores rebateram as acusações após as denúncias em maio.

O caso foi investigado pelo Ministério Público, que ouviu todas as partes envolvidas em uma apuração preliminar. Em junho, o procedimento foi arquivado por falta de evidências de atos que configurassem lesão ou ameaça aos direitos tutelados pelo Ministério Público, segundo o promotor responsável pelo caso.

 

Top

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Li e aceito os termos.

Preencha todos os campos obrigatórios.

No momento não conseguimos enviar seu e-mail, você pode mandar mensagem diretamente para comercial@vipsocial.com.br.

Preencha todos os campos obrigatórios.

Contato enviado com sucesso, em breve retornamos.

Você será redirecionado em alguns segundos!