Buscando por?

Notícias

Em disputa milionária, Pasqualotto denuncia filho pelo controle da construtora responsável por 'Prédio do Neymar’

Lindomar Pasqualotto, fundador da construtora, acusa irregularidades e golpes no mercado imobiliário em nota divulgada na sexta-feira
Por: Jonas Hames - 12/11/2023 11:00min

 

Em um desdobramento da disputa familiar que abala os alicerces de uma das principais construtoras do litoral de Santa Catarina, Lindomar Pasqualotto, fundador da empresa, divulgou uma nota de esclarecimento na última sexta-feira, 10 de novembro, com teor forte. Nas alegações contundentes, Lindomar acusa o comando da construtora de uma série de irregularidades, descrevendo ações que ele classifica como "um grande golpe no mercado imobiliário, utilizando o nome e a estrutura do grupo".

 

Fotos: Arquivo/Divulgação

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Segundo a nota, mesmo com obras ainda não finalizadas e outras em que terrenos foram permutados, mas as construções não iniciaram, a empresa continua envolvida em transações de compra e permuta. Lindomar expressa preocupação, alegando que essas atividades representam um golpe no mercado imobiliário da região.

 

 

A empresa, conhecida por projetos grandiosos e prédios de luxo, ganhou projeção nacional ao construir duas das maiores torres da América Latina, o imponente Yachthouse by Pininfarina. Este empreendimento atraiu uma clientela ilustre, incluindo atletas e celebridades, entre eles Neymar, que é proprietário de uma cobertura avaliada em R$ 60 milhões.

 

 

Não se trata de uma questão familiar. Trata-se da posição de sócios que discordam da postura da atual administração que hoje está com atraso de mais de 2 anos na entrega de 2.239 apartamentos”.

Lindomar Pasqualotto, empresário

 

 

Mesmo com todos os atrasos nos compromissos, o administrador segue comorando e permutando terrenos, um grande golpe no mercado imobiliário usando o nome e a estrutura do grupo”.

Lindomar Pasqualotto, empresário

 

A guerra familiar se intensificou, com Lindomar Pasqualotto, o patriarca, recorrendo à Justiça para tentar retomar o controle da empresa, atualmente nas mãos de seu filho Alcino Pasqualotto, detentor de 60% das cotas da construtora. Os 40% restantes pertencem ao outro filho, Lindomar Junior, com usufruto do pai, conforme estabelecido em um acordo judicial de 2018, após uma série de desentendimentos familiares.

 

 

A pandemia trouxe desafios adicionais à construtora, que viu atrasos na entrega de obras, incluindo a do Yachthouse. Esses atrasos levaram alguns compradores, incluindo o jogador de futebol Dudu, do Palmeiras, a buscar compensações judiciais. O atleta solicitou R$ 150 mil de indenização, equivalente ao aluguel de um imóvel durante o período de espera pela entrega do apartamento.

 

 

Os atrasos e acordos de ressarcimento foram o estopim para que Lindomar Pasqualotto acionasse a Justiça, denunciando o filho por má gestão dos negócios, na tentativa de afastá-lo do comando da construtora. Nos bastidores do mercado imobiliário em Balneário Camboriú e Itapema – sede da construtora – a disputa é acompanhada de perto, gerando repercussões públicas significativas.

 

Estamos confiantes que o judiciário e órgãos competentes cumprirão suas funções, determinando as medidas necessárias para viabilizar o cumprimento de todos os compromissos assumidos pelo Grupo”.

Lindomar Pasqualotto, empresário

 

Top

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Li e aceito os termos.

Preencha todos os campos obrigatórios.

No momento não conseguimos enviar seu e-mail, você pode mandar mensagem diretamente para comercial@vipsocial.com.br.

Preencha todos os campos obrigatórios.

Contato enviado com sucesso, em breve retornamos.

Você será redirecionado em alguns segundos!